terça-feira, 7 de março de 2017

WEBER, EBERHARD

A história desse disco, foi o primeiro que comprei quando a Polygram dentro da série Classics que lançou uma leva bacana dos discos da ECM nacional (bem mais em conta)entre 79/80.

Já conhecia o alemão IBIHARD WIBAR(pronúncia alemã) e pirei com esse solo...

Ouvi tanto que decorei as passagens mentalmente...
Olha é um assunto profundamente sério esse tema.



O alemão Weber, Eberhard deu uma linguagem única ao contrabaixo eletroacústico com a equivalência ao feito por Jaco Pastorius no baixo elétrico.

Músico vanguardista do renomado selo do visionário e ex-contrabaixista da Orquestra Sinfônica de Oslo, Manfred Eicher,

Que também teve a sacada de não estampar a face dos músicos na capa.
Dando ênfase na capa carregada de arte.
Fora a qualidade de captação de gravação e do som praticamente criado na hora dentro do estúdio.
Um belo dia ele disse: A ECM é "o melhor som depois do silêncio"
Ele tem razão até hoje. Som para poucos e uma audição ampla, geral e irrestrita completamente desprovida do estado comparativo.
ECM -Edição de música contemporânea.
ECM- Estado Concentrado de Música.




Nenhum comentário:

Postar um comentário