segunda-feira, 17 de outubro de 2016

CONSIDERAÇÕES ZAPPATESCAS...


O documentário "Eat That Question" é uma imersão na figura, do homem, do pai, do esposo e do músico e compositor Frank Zappa, impressionante seu discernimento, sua resposta rápida e ferina. Ele sabia tudo: Cinema, teatro, politica, senhor absoluto de uma cultura sem precedentes...

Um dia, ele ouviu Edgar Varese, Igor Stranvisnky e Anton Webern e disse a si mesmo: Vou fazer minha música soar assim..


Quem não compreender a música clássica contemporânea, fica mais complicado a entender e digerir o UNIVERSO ZAPPA.

Para perceber as cores desse universo é preciso desprendimento na percepção convencional, um ouvido tonal terá sempre dificuldade de entendê-lo. 
O elemento operístico está explicitamente dentro da sua estética por conta da não pausa entre uma composição e outra. Teatralidade à toda prova, ensaio à exaustão para dar vazão a improvisação.
Sai do cinema com a certeza que tudo que comentei sobre ele é fruto de uma pesquisa séria sobre esse homem, um homem chamado FRANK ZAPPA. Aprendi muito vendo esse documentário...NEM PISQUEI.(Foram 90' preso de olho na tela) e nem senti passar.


Quando Zappa foi ovacionado em Praga,Situação nunca acontecida nos EUA , ele se encontrou com então, Presidente Václav Havel,

No início de 1990, Zappa visitou a Tchecoslováquia a pedido do presidente Václav Havel, e foi convidado a servir como consultor para o governo em assuntos comerciais, culturais e turísticos. Havel era um fã de Zappa que tinha uma forte influência na cena de vanguarda e underground do leste europeu nos anos 1970 e 1980 . Zappa concordou entusiasmado e começou a se encontrar com autoridades corporativas interessadas em investir na Tchecoslováquia. Dentro de poucas semanas, entretanto, a administração dos EUA colocou pressão no governo tcheco para desfazer a nomeação. Havel fez então de Zappa um consultor cultural não oficial. Zappa também planejava desenvolver uma empresa de consultoria internacional para facilitar negócios entre o antigo bloco soviético e o bloco capitalista

(Fonte Wikipédia)


Ronald Reagan, então, Presidente dos EUA, perseguiu muito o trabalho do Zappa, ele sofreu uma severa censura e foi muito mais compreendido na Europa do que seu País de origem.


Frank Zappa faleceu em 4 de dezembro de 1993, em sua casa, cercado por sua esposa e filhos. Em uma cerimônia privada no dia seguinte, Zappa foi enterrado em um túmulo não marcado no Westwood Village Memorial Park Cemetery, em Westwood, Los Angeles. Na segunda-feira, 6 de dezembro, a sua família anunciou publicamente que o "Compositor Frank Zappa foi para a sua última turnê pouco antes das 18:00 no sábado"

(Fonte Wikipedia)

Adendo 2:

 O meu lado é puramente musical no sentido do todo desse universo Zappa, ouvi e tenho toda a sua discografia, baixados e alguns originais... Me prendo também sobre o lado filosófico, contexto histórico e a minha viagem no Conceito Zappa.

Adendo 3:
  
E o gran finale aconteceu ao término da jornada Zappatesca dentro do ROXY 1...Todo mundo bateu palmas para o pensamento e obra do mestre Zappa...me emocionei...



Nenhum comentário:

Postar um comentário