sexta-feira, 8 de julho de 2016

JANIS:LITTLE GIRL BLUE-Documentário

Muito já se escreveu sobre janis...Eu mesmo tenho uma biografia escrita pela sua irmã Laura Joplin. Agora esse "rockumentário" é um retrato fiel da carreira meteórica de Janis Lyn Joplin. Vale por tudo, pelo depoimento dos músicos do BBHC, passando por seus dois amores,David (George) Niehaus o andarilho que ela conheceu no Rio(revelações pontuais) e praticamente ele deu em cima dela e se curtiram imensamente.
Laura Joplin é a figura central da forma que contou a juventude de Janis e por ser mais velha sua participação é reveladora.
O documentário te prende a cada frame, o pequena público do Cine Santa sentiu o filme o tempo inteiro, foi revelador ver que Dick Cavett também namorou Janis. Talvez ela fosse de todos, amou intensamente, cantou desesperadamente Bob Weir do Grateful Dead em ótima forma e com bom humor tece a sua convivência com Janis em Haight-Ashbury, Country Joe McDonald que também namorou Janis surpreende pelo seu relato ela e percebe-se que foram além do estabelecido entre uma relação afetiva, afinal de contas ambos estavam em ascensão.
Bacana também foi saber os bastidores do Festival de Monterey por seu idealizador cinematográfico D.A. Pennebaker, sua participação no documentário é pontual e também reveladora.
Confesso que lágrimas desceram durante o desenrolar do "rockumentário"
E no final um bate-papo informal com o público presente já pelo lado de fora do Cine Santa
Senti o retorno daquela atmosfera. O bairro de Santa Teresa ainda respira muito daquela onda toda. O rockumentário está sendo exibido no lugar perfeito.
Janis com certeza está curtindo sua vida passada a limpo.

Obrigado, Daniel Roland por mais um toque...





Nenhum comentário:

Postar um comentário