domingo, 6 de dezembro de 2015

ELDO POP, VISÕES, CAUSOS E O EFEITO SOBRE MIM..

Um pouco da história...

O diretor da então, Rádio Globo, adentra o estúdio e diz:
Olha, temos que colocar um rádio no ar e tem que tocar tudo o que não toca na Rádio Mundial..(Era uma rádio mais popular)
O DJ Peixinho, na época assistente do Big Boy, disse: Não tínhamos roteiro, não tínhamos os discos... e ai??...vamos tocar a discoteca do Newton, O BIG BOY, vamos tocar aqueles rock, progressivo...e foi feito...E foi um puta sucesso...

Entrava no ar a ELDO POP FM STEREO, EM 98.1 MHZ ZYZ 22.

Por conta do acervo do grande Big Boy, o ouvinte poderia ouvir  um disco inteiro...Só mesmo na Eldo Pop e pela genialidade do Newton Duarte, o BIG BOY, ele tocava de tudo de sete da manhã as duas da madrugada. Ele abreviou o lançamento dos discos e amenizou os efeitos da Ditadura que vivíamos.
Lembro-me muito bem, certa vez encontrei um doido na esquina e o papo foi mais ou menos esse:
Bicho, que rádio é essa?? é muito som vindo da Fm.
o outro respondeu: cara, não tenho nem dormido...ela sai do ar duas da manhã e vou até o final..ERA O ASSUNTO..

Foi uma loucura e poucos entendiam o que estava ocorrendo de fato e só mesmo a "malucada", que fazia parte de um grupo de gente doida com um rádio Fm debaixo do braço e sintonizada na Eldo-Pop e pirando de tanto som que ouvia entendia de fato o que estava acontecendo, criou-se um código de conduta entre os ouvintes e tudo  isso na década de 70.

Era muito "maluco" querendo saber o nome da banda (já que a rádio não tinha locução), a galera ficava doida atrás disso... E aí o interesse em entender o que estava acontecendo em plena ditadura cresceu.
Não existia internet, poucos canais abertos, uma dificuldade sem precedentes para ouvir o que curtíamos e a falta de grana para o acesso aos discos...Big Boy abreviou isso tudo... Era um monte de cabeludo vivendo um mundo paralelo em prol do som.
Com a ELDO POP, ela abreviou a chegada do som para nós e amenizou os efeitos da censura e da ditadura sobre as pessoas envolvidas com essa cultura e de fato era um movimento de Contracultura Radiofônica.

Parte 2: Os efeitos da Eldo Pop sobre mim.
Vocês imaginam um rádio que entrava no ar 7 da manhã e saia 2 das madrugada...tocando sem parar som de qualidade em plena década de 70.

Coisas do Big Boy .Isso de segunda a segunda...durante anos...anos... ainda fico arrepiado ouvindo esse som...o filme passa inteirinho dentro da minha mente..

Quando era moleque ouvia tanto som e lia o tempo todo sobre bandas e ficava tão quieto no quarto que a minha falecida mãe batia na porta pra saber se estava vivo.

 Os ouvintes da Eldo Pop era constituída de um grupo de pessoas afins pirada por som, eu era um deles e naquela época só se escutava a ELDO POP.
Chegou um ponto que decorava as sequencias lançadas pelo Big Boy...Já sabia que depois de uma certa banda, entrava a outra e a seguinte. A rádio não tinha locução(ele não dizia o nome da banda, da música), era som direto e tinha que ficar ligado...Era o charme da rádio.
E por conta de década e década de som...Hoje ainda acordo assim...05:45 batendo 500 volts de som...e vou para o trampo por volta de 800 volts de som direto no dispositivo móvel...e vivo assim, dia após dia...A noitinha chega e para relaxar, vou a 2000 mil volts com desenvoltura.


A noitinha chega e para relaxar....vou a 2000 mil volts fácilzinho...

 E certamente, existe uma diferença de quem viveu a ERA ELDO POP e de quem não viveu, é um fato, pelo menos no Rio de Janeiro.
E concluo com essa singela homenagem: O criador fez o mundo em 7 dias...no sexto ele fez o Big Boy Rides Again e no sétimo ele ajudou a criar a ELDO POP.



..





Nenhum comentário:

Postar um comentário