domingo, 9 de agosto de 2015

DESABAFO DE UM ZAPPÓLOGO

Desabafo:
Quando Zappa se foi fiquei apático por alguns instantes...Ainda morava com os meus Pais e lembro-me que tinha ouvido pela enésima vez o disco Zappa Live in New York de 77.
Trabalhava no Banco de madrugadão e quando cheguei em casa pela manhã... deitei e dormi um pouco.
Era o dia 4 de dezembro de 1993...faltando seis dias para completar 33 anos.

E logo liguei a TV e veio a notícia...ZAPPA TINHA SUBIDO PARA O ANDAR DE CIMA.
Abri a porta e disse para minha mãe: Dona NÍSIA, FRANK ZAPPA MORREU...
Ela muito espiritualizada deixou de fazer o que estava fazendo e veio me consolar...
NUNCA VOU ESQUECER. Esse foi "presente" que o destino me deu prestes a completar 33 anos de vida.
E nesse dia em diante decidi que ia continuar a divulgar a sua obra e finalmente chegou a internet.
E hoje em plena era do YOUTUBE, FACEBOOK, BLOG, ISSO É CONCRETIZADO.
Tornei-me seu porta-voz, divulgando seu trabalho incessantemente, virei um Zappólogo cercados de amigos Zappeiros.

Dedicado a Let's Zappalin'- A primeira e única banda brasileira e paulista que interpreta com fidelidade os seus arranjos, e ainda cria o clima apropriado em cima da obra de Frank Zappa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário