segunda-feira, 27 de julho de 2015

DAVE HOLLAND- A CRIATIVIDADE SONORA, ALÉM DA LINHA DO GRÁFICO



Dave Holland, escudeiro nas quatro cordas e oriundo da Usina Fusion intitulada Miles Davis.
um cara meio hippie que assombrou a Era da contracultura quebrando tudo no Templo do Fillmore, Tanglewood e na Ilha de Wight, empunhando um baixo Fender Precision, teceu linhas incríveis nesse instrumento.
Logo caiu nas graças de outro visionário sonoro, o cara que criou "o melhor som depois do silêncio", o alemão Manfred Eicher, proprietário da ECM RECORDS.

Nesse meio tempo gravou grandes discos com Chick Corea, aprontou muito em outros projetos e ainda deu o que falar com a DAVE HOLLAND BIG BAND e Dave Holland quartet e quintet 

Quando o jazz andava meio estagnado com a entrada do ano 2000, criou e reformulou o seu quinteto com músicos vanguardeiros: Steve Nelson, Chris Potter, Robin Eubanks entre outros. Tem quebrado tudo por onde passa e fazendo a diferença no chamado jazz contemporâneo.
Pelo meu ponto de vista...o jazz vanguardista leva a assinatura de DAVE HOLLAND.

Nenhum comentário:

Postar um comentário