quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O ATO DE ESCREVER...

Escrever é uma necessidade vital. Geralmente não penso muito ao passar para o papel ou a tela do computador(geralmente ambos) Lógicamente, existe uma linha sendo formatada dentro da mente. É importante o exercício de escrever, comentar ou até desenvolver um texto mais sério. Refina a escrita, afina a linha do português, evita o uso do internetês(o que abomino) fomenta o cérebro e induz a linha do raciocínio lógico e ilógico, o ideal é empregar os dois mundos. No meu caso funciona. As fontes são várias: um som que escuto, o gato que mia, uma conversa com alguém interessante, uma notícia, um filme. A minha cabeça pensa o tempo, por mais que não possa aparecer. A ironia, o sarcasmo e um dose de cara-de-pau faz parte dessa adição toda e no fundo TUDO É MUITO SÉRIO. Ledo engano quem pensa quem não... E isso aí, bichos!!!

2 comentários: