segunda-feira, 29 de novembro de 2010

EM RELAÇÃO A MULHER INSTRUMENTISTA

Hoje graças à Deus, estamos vendo mulheres em franca ascensão dentro da área da música instrumental.
Lá fora temos a pianista Hiromi Uehara que aos 31 anos tem arrebatado grandes concertos com grande energia e técnica. Uehara já fêz até um duo com o grande Armando Anthony Corea e comanda um super-trio com temas explosivos.
Além de termos a grande regente e líder de uma jazz orchestra Maria Schneider que recentemente esteve em São Paulo, através da EMESP-TOM JOBIM, liderando uma turma de grandes instrumentistas brasileiros: Vinícius Dorin, Victor Alcântara, Alberto Lucas, Eduardo Neves, Edu Ribeiro entre outros.
Os ensaios foram realizados na Tom Jobim e o concerto realizado no Teatro do Ibirapuera.
Schneider mostrou mais uma vez que veio para ficar nessa área de líder de uma jazz orchestra com arranjos primorosos e harmonia sofisticada.
No passado tivemos outra líder de big-band Toshiko Akioshi, Carla Bley.
Na guitarra Emily Remler(R.I.P) Carol Kaye no baixo e várias outras.
No Brasil temos a grande Harpista Cristina Braga que toca na orquestra sinfônica do Teatro Municipal e introduziu o instrumento no repertório popular.
Na bateria Lilian Carmona e Vera Figueiredo que dirigi o seu próprio Instituto de Bateria Vera Figueiredo e toca na banda ALTAS HORAS.
No piano tem se destacado por sua dedicação em formar grandes musicistas para as próximas gerações, Lis de Carvalho, além de tocar piano e teclado com diversos músicos e cantores da cena de São Paulo.



VIVA!!! A MULHER INSTRUMENTISTA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário